Você sabe o que é Capital de Giro e qual sua Importância?

Você sabe o que é Capital de Giro e qual sua Importância?

23 de agosto de 2017 0 Por AMWSys ERP

Muito se fala sobre a definição de capital de giro, mas poucos empresários realmente conhecem o poder que ele tem sobre uma empresa. Não imaginam, por exemplo, que ele é responsável direto pela sustentabilidade da empresa, fluxo de caixa e sua saúde financeira.

Quando os recursos não estão equilibrados, ocorre uma série de problemas como déficit nas contas, capital para investimentos reduzido e necessidade de empréstimos.

Nessa hora que ele é fundamental para se ter sucesso e se manter na ativa, independentemente do tipo ou o tamanho do seu negócio. Pode ser um simples e-commerce ou uma multinacional.

Afinal, o que é Capital de Giro?

O capital de giro é a soma dos bens que uma empresa possui e que podem ser revertidos em capital em um curto prazo, subtraindo dívidas, contas a pagar e despesas fixas.

Dentre os bens que representam o capital de giro estão o dinheiro em caixa, o saldo de contas correntes e outros investimentos, aplicações financeiras, contas a receber de clientes e mercadorias estocadas.

Como saber qual o capital de Giro da minha Empresa?

Para calcular o capital de giro da sua empresa é preciso ter algumas informações. O primeiro passo é verificar as contas do caixa e do banco, que são os valores mais importantes e com disponibilidade mais imediata.

O segundo passo é adicionar o valor das contas a receber. Trata-se do resultado as vendas que sua empresa vai receber de clientes. Aqui, além dos valores, é preciso levar em conta o prazo de pagamento.

Sim, são diversas informações que compõe o cálculo, por isso, se faz necessário um controle prático que dê estes dados com precisão e agilidade para você.

O sistema AMWSys supre a sua necessidade oferecendo o controle de todas as contas a receber e a pagar da sua empresa, fornecendo estes dados em qualquer lugar, seja em sua tela de computador ou mesmo em dispositivos móveis.

É importante lembrar que quanto maior a quantidade e o prazo oferecido ao seu consumidor, maiores serão os recursos exigidos da empresa para arcar com as contas enquanto o dinheiro não é pago.

O estoque de mercadoria, quando houver, também entra na conta do capital de giro pois trata-se de produto que pode reverter em dinheiro. Por outro lado, ele também é um fator de despesa pois exige investimentos constantes para ser renovado.

Resumindo, o capital de giro pode ser calculado com a fórmula CGL = AC – PC:

  •    CGL (capital de giro líquido)
  •    AC (ativo circulante) se refere aos saldos de caixa, contas correntes e investimentos bancários, contas a receber e outros recursos que irão colocar dinheiro em caixa.
  •   PC (passivo circulante) corresponde às contas a pagar, empréstimos, estoques, fornecedores, entre outros.

Sua importância 

O capital de giro é a garantia que sua empresa tem de continuar na ativa mesmo que ocorra algum imprevisto interno ou no mercado mundial.

Quando há controle sobre esse capital, em momentos de crise é possível manter o bom andamento de todos os setores, suprindo todas as necessidades de todas as atividades operacionais.

O mais importante é que em uma crise interna ou externa, com o capital de giro equilibrado não haverá razões para se recorrer a um empréstimo ou factoring que pode custar caro para a saúde financeira da empresa. E o giro de vendas não sofrerá alterações.

Manter o capital de giro ainda promove outros benefícios. É possível avaliar o melhor momento para realizar as compras e negociar prazos vantajosos.

As contas podem ser pagas em curto prazo, muitas vezes com descontos, mantendo o caixa sempre no positivo. Também é possível suprir necessidades que surgem com as atividades operacionais, visando sempre a atualização de equipamentos e mão de obra.

E a Contabilista Fabiana Marques formada pela Fatec Contabilidade e Associados reforça “Ter um capital de giro adequado ao seu negócio fará não só você ter ótimas oportunidades para se manter e crescer no negócio, como permitir a criação de grandes lucros em longo prazo.”